Aqui você vai encontrar cada curiosidades

Artigo Interessante

Os 5 melhores e os 5 piores filmes de Godzilla

Godzilla e maior monstro do cinema de todos os tempos. Tendo varias historia, briga e claro filme do Godzilla vs King Kong que estamos esperando esse ano. Hoje decidimos separa os 5 melhores filmes e 5 piores filmes do Godzilla para você assistir
Godzilla e maior monstro do cinema de todos os tempos. Tendo varias historia, briga e claro filme do Godzilla vs King Kong que estamos esperando esse ano. Hoje decidimos separa os 5 melhores filmes e 5 piores filmes do Godzilla para você assistir, e claro se você quiser assistir piores… mas recomendo também.

Os 5 melhores e os 5 piores filmes de Godzilla

Pior: Godzilla Contra Ataca (Godzilla Raids Again)
Godzilla foi um enorme sucesso após seu lançamento em 1954, então é claro que fazia sentido Toho lançar uma sequência do filme o mais rápido possível. Isso chegou no ano seguinte na forma de Godzilla Raids Again, e como é o caso de muitas sequências feitas rapidamente, os resultados são decepcionantes.
Por um lado, embora este seja o primeiro filme a apresentar combate monstro contra monstro, enquanto Godzilla luta contra Anguirus, uma criatura parecida com um dinossauro. A mitologia também é um pouco decepcionante, principalmente quando você descobre que esse Godzilla é, na verdade, apenas outro lagarto radioativo gigante da mesma espécie, já que eles mataram o monstro original no final do primeiro filme. O filme também sofre tecnicamente, apresentando muito menos atmosfera e arte visual do que seu antecessor.

Melhor: Ghidrah, O Monstro Tricéfalo (Ghidorah, the Three-Headed Monster)
Há uma razão para filme Godzilla Rei dos Monstros, apresentar vários monstros como Mothra, Rodan e Rei Ghidorah, e muito desse monstro e até mesmo Rei Ghidorah que já apareceu no filme Ghidorah, the Three-Headed Monster.

A coisa mas legal do filme e que a única esperança da humanidade é formar uma equipe de Godzilla, Rodan e Mothra, e depende de Mothra começar essa equipe em primeiro lugar.
Em uma das cenas mais icônicas de toda a franquia, Mothra realmente fala (em linguagem de monstros, com as sacerdotisas conhecidas como Shobijin). Quando Godzilla e Rodan recusam, ela voa para a batalha contra Ghidorah por conta própria, em um esforço desesperado para salvar a humanidade. Quando os outros dois monstros finalmente se juntam, começa uma luta muita engraçada.

Pior: Son of Godzilla (Em tradução fica Filho de Godzilla)
Por um tempo, diretores começaram a concentrar orçamentos de cada filmes de Godzilla para manter sob controles de cada um. A continuação dos filmes de Godzilla recebia orçamento grande outros recebia parte menos, como e infelizmente isso às vezes aparece no trabalho. O estúdio criaram vários novos personagens, o que infelizmente nos leva ao filho de Godzilla.
Não há nada errado com Godzilla ter filhos. De fato, os filmes posteriores também brincaram com essa ideia. Aqui, no entanto, as interações entre Godzilla e Minilla(Esse nome do filho do Godzilla) é sempre chata. Minilla rapidamente se torna um aborrecimento, e sua reputação como filho de Godzilla não da medo.

Esse não é o único problema do filme. As criaturas desta vez, é gigante chamado Kamacuras e a aranha gigante chamada Kumonga, parecem legais, mas porque são fantoches em vez de homens fantasiados, as cenas de luta são bastante limitadas. Além disso, o traje Godzilla criado para este filme simplesmente… não funciona.

Melhor: Godzilla (1954)
Não tem como esquecer essa obra-prima e muito conhecida e claro o primeiro Godzilla (1954). Ele está na lista de melhor filme de Godzilla já feito, mostrando como foi seu nascimento e quando começou andar pela cidade.
Devido aos testes nucleares realizados pelos Estados Unidos, um gigantesco réptil de em torno de 50 metros de altura é revivido. Além do tamanho e força, a fera possui um sopro radioativo mortal e destruidor que usa para atacar a cidade de Tóquio, dizimando tudo o que encontra pela frente em uma fúria mortal. Fonte: Wikipedia

Pior: A Vingança de Godzilla (All Monsters Attack)
All Monsters Attack, também conhecido como Vingança de Godzilla, é a história de um jovem chamado Ichiro que sonha encontra monstro para escapar de sua vida solitária e intimidada. Nos seus sonhos, ele faz amizade com o filho de Godzilla, Minilla, e os dois lidam com seus respectivos agressores através do poder da amizade.
Este não é necessariamente um conceito ruim, mas o filme também se apoia fortemente nas roupas de Godzilla que foram recicladas de Son of Godzilla, entre outros. Há também o problema de Minilla, que permanece irritante, apesar de sua nobre busca por superar seu medo. Não há nada necessariamente errado com a premissa, mas a execução deixa muito a desejar.



Melhor: Godzilla vs King Ghidorah (Em português fica Godzilla Contra o Monstro do Mal)
A história começa com a noção de que Godzilla realmente apareceu pela primeira vez para os seres humanos como uma versão menor, quando ele salvou um grupo de soldados da Segunda Guerra Mundial. Um grupo de viajantes do tempo do futuro embarca em uma missão para impedir que lagarto seja irradiado e, assim, se transforma em Godzilla, mas acontece que a verdadeira missão deles era trocar o lagarto para três criaturas menores que seriam irradiadas para criar Rei Ghidorah.
As coisas só ficam mais complicadas a partir daí, mas o que tudo isso cria é uma batalha entre Godzilla e o rei Mecha Ghidorah, uma versão do monstro de três cabeças que foi modificado mecanicamente por pessoas do futuro para dar a ele uma cabeça cibernética e uma série de outros gadgets. Todo o filme é uma explosão, mas vale a pena apenas ver batalha final.

Pior: Godzilla vs Megalon
Na década de 1970, Empresa Toho esperava criar seu próprio herói gigante, olhando sucesso do personagem japonês Ultraman, e realizou um concurso pedindo às crianças que projetassem seu próprio herói. O personagem resultante, depois de muitos ajustes no estúdio, foi o robô gigante Jet Jaguar, que originalmente deveria ter seu próprio filme. Em algum lugar ao longo do caminho, o filme Jet Jaguar foi fundido com um filme de Godzilla, e virou Godzilla vs. Megalon.
Godzilla e Jet Jaguar definitivamente parecem divertidos, mas o próprio filme sofre um processo de produção apressado, um dos projetos de monstros menos impressionantes é Megalon e um enredo que passa mais tempo com Jet Jaguar do que você acaba querendo. O filme também é famoso por sua representação de Godzilla executando um chute direto que acaba parecendo estar montado em seu próprio rabo.

Melhor: Godzilla vs Destroyer
Quando Godzilla aparece com marcas brilhantes em todo o corpo, os cientistas determinam que seu coração, que funciona como um reator nuclear, está de fato derretendo, e que sua morte iminente poderia acumular energia suficiente para destruir o planeta. Como se isso não bastasse, eles também descobriram que o dispositivo "Destroyer de Oxigênio" usado para matar Godzilla no primeiro filme de 1954 que também transformou um grupo de criaturas marinhas pré-históricas em monstros gigantes de crustáceos, que se fundiram em um super-monstro que basicamente se parece com o próprio diabo.
Godzilla vs Destoroyah tem tudo: Godzilla em perigo final, um monstro que é ao mesmo tempo, assustador e apropriadamente maciço, personagens telepatas que geram empatia real. Tudo isso em um final verdadeiramente eficaz que nos mostra a morte e o renascimento de Godzilla de uma maneira que nenhum outro filme fez.

Pior: Godzilla (1998)
Sim, o filme Godzilla de 1998 do diretor Roland Emmerich, a primeira tentativa americana de reiniciar a criatura, recebeu muito ódio. As pessoas não gostam do design da criatura, não gostam do elenco de Matthew Broderick como o cientista preparado para derrubar Godzilla, não gostam de toda a presunção da criatura ter bebês, e às vezes simplesmente não gostam dos anos 90 de tudo. Godzilla 98 é um filme fácil de odiar por várias razões.
Apesar de todas essas razões, o maior problema com o filme de Emmerich é a frustração de assistir, porque se você está realmente prestando atenção, tem a sensação de que havia quase, talvez, um indício de um bom filme. Existem alguns momentos realmente interessantes no filme, desde o personagem de Broderick parado em uma pegada e não percebendo que é uma pegada até a primeira aparição da criatura na cidade de Nova York. Infelizmente, isso não é suficiente para melhora o filme, mesmo que seja um filme "tão ruim que é bom".

Melhor: Godzilla, Mothra and King Ghidorah (Godzilla, Mothra e King Ghidorah: Ataque dos Monstros Gigantes)
Primeiro de tudo, basta olhar para o título. Leia em voz alta algumas vezes. É uma das melhores apresentações que você poderia esperar de um filme de Godzilla, porque mostra exatamente o que você está prestes a ver sem estragar como vai vê-lo. Looper
Como muitas outras sequência do filme Godzilla, o Godzilla, Mothra e King Ghidorah: Ataque dos Monstros Gigantes, funciona como uma sequência direta do filme original de 1954, ignorando todas as outra continuação. Isso significa que este filme mais uma vez enquadra Godzilla como um vilão que está determinado a destruir, e mais uma vez descreve o primeiro encontro entre Godzilla e duas de suas maiores co-estrelas, Mothra e o rei Ghidorah. Neste filme, os dois últimos monstros são enquadrados como monstros "guardiões" que precisam ser despertados para salvar o mundo de Godzilla, e as reviravoltas que resultam desse mito ajudam a impulsionar o filme mesmo além de suas divertidas batalhas.
Share

Post A Comment:

0 comments: